• Possui alguma dúvida?
  • Phone: +(34) 3212-1477
  • Email: contato@escritorialcontabil.com.br
Stay Connected:

Arquivos ICMS | Contabilidade em Uberlândia | Escritorial Contabilidade

1 de abril de 2022

Ressarcimento do ICMS ST: empresário, será que sua empresa pode contar com ele?

Leia neste artigo uma discussão a respeito dos direitos ao ressarcimento do ICMS-ST. Que o cenário tributário Brasileiro é complexo, isso não é novidade para ninguém, mas para quem comercializa produtos que estão enquadrados no regime de substituição tributária, o nível de complexidade aumenta drasticamente. Muitas empresas, por não entenderem a sistemática da substituição tributária,

108 Escritorial - Contabilidade em Uberlândia | Escritorial Contabilidade
16 de fevereiro de 2022

E se a sua empresa não precisar mais pagar o Difal?

Especialista explica que mudanças na cobrança do Difal trarão uma receita menor para os estados e municípios. O Diário Oficial da União publicou no dia 4 de janeiro a Lei Complementar 190/2022, que regulamenta a cobrança do Difal — diferencial de alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre vendas de produtos e prestação de serviço

108 Escritorial - Contabilidade em Uberlândia | Escritorial Contabilidade
10 de janeiro de 2022

ICMS Difal: sua empresa terá que recolhê-lo em 2022?

E começa mais uma temporada dessa série… Você deve se lembrar que desde 2016, através do Convênio 93/2015, nas vendas a outros estados destinadas a consumidores finais não contribuintes do ICMS, era aplicada a alíquota interestadual (12 ou 7%) para a UF de origem e para a UF de destino era aplicada a diferença entre a alíquota

Fique Atento, A Reforma Tributária Pode Piorar A Situação Atual. Escritorial - Contabilidade em Uberlândia | Escritorial Contabilidade
12 de novembro de 2021

Fique atento, a reforma tributária pode piorar a situação atual.

“Todos sabemos que a partir de certo limite o aumento de tributação acaba por estimular a elisão e mesmo a sonegação fiscal. Por isso é que se multiplicam os casos de profissionais de nível médio e superior que cessam relações de emprego para abrir pequenas empresas. Assim reduzem a carga tributária e acabam por prejudicar a arrecadação da previdência social.”